O último Calafate

Vive ainda, numa pequena aldeia a norte do Tejo, um velho e sábio feiticeiro. No seu caldeirão mágico mistura madeiras, técnicas e apetrechos, faz dos dedos ferramentas, da água e do fogo aliados e, num mantra centenário, vai do levantar da proa ao tirar as tábuas de linha, passando por pregos e enxós até ver surgir, magnífico e negro, um artefacto de pesca. Chama-lhes picaretos mas são, na verdade, barcos encantados e, no dia em que subir à Terra dos Espíritos, levará com ele o encantamento.

. 3_Building a picareto_hands are tools

Ortiga, Portugal, 1994

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s